Boku Dake ga Inai Machi

Quando eu assisti o primeiro episódio de “Boku Dake ga Inai Machi” (A cidade onde apenas eu não existo), eu parei de acompanhar todos os outros animes e não consegui desgrudar os olhos dessa história, que possui 12 episódios.

A arte é impecável no traço, nos detalhes e o desenho é muito bem feito. A trilha sonora é um diferencial, principalmente pela abertura.

A história, apesar de ser contada de uma forma leve e prazerosa, é muito pesada. Pesada na história propriamente dita e pesada nas emoções que certos acontecimentos e fatos desencadeiam em quem está assistindo. Eu mesmo me emocionei em vários episódios e claro, no final, que é fantástico.

Quando atualizar meus top #5 animes, “Boku Dake ga Inai Machi”, com certeza estará entre eles.

“Satoru” é um cara de 29 anos, que possui um dom especial, que ele mesmo batizou de “Revival”, um fenômeno que permite uma viagem no tempo, quando surge alguma situação de perigo.

Após encontrar a sua mãe morta e ser acusado de assassinato, o “Revival” faz “Satoru” voltar para a época da escola primária, ou seja, 18 anos atrás.

Dessa forma, ele terá a oportunidade de alterar o futuro para tentar salvar 3 colegas de escola, que foram sequestrados e mortos, por um  assassino em série.

Esse anime é demais !!!

Anúncios
Boku Dake ga Inai Machi

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s