SHURATO

Indra e a deusa Vishnu

“Shurato” e seu amigo “Gai”, estão participando de um campeonato de lutas marciais, quando de repente, uma luz estranha aparece.

“Shurato” acorda com o beijo de “Lakshu” em um mundo celestial chamado “Tenkuukai”.

“Tenkuukai” é um mundo primitivo e sem tecnologia, onde as pessoas emanam uma força espiritual interna chamada “Sohma”, além disso, os “Guardiões de Deva” usam os artefatos “Veda”, que se transformam em armaduras conhecidas como “Shakiti”.

Cada um deles, possuem uma força especial, quando pronunciam seus “Chakram”.

“Shurato” descobre então, que faz parte dos “8 Guardiões do povo de Deva”, os “Hachibushu”, que estão a serviços da “deusa Vishnu”.

Por razões desconhecidas “Gai”, que no mundo dos humanos era seu melhor amigo, ataca “Shurato” e por diversas vezes, tenta matá-lo.

Mestre Indra Transforma a deusa Vishnu em pedra

Ao mesmo tempo o “Mestre Indra” trai e transforma a “deusa Vishnu” em pedra, acusando “Shurato” de ter cometido o crime. Porém, um dos guardiões conhecido por “Hyuga”, também testemunha a traição de “Indra”.

Com as poucas forças que lhe resta, a “deusa Vishnu”, consegue transportar “Shurato” e “Hyuga” para longe de “Tenkuuden”.

Enganados por “Indra” e com o apoio de “Gai”, o restante dos “Hachibushus” começam uma caçada a procura de “Shurato” e “Hyuga”, que tentam voltar para “Tenkuukai”, provar sua inocência e desmascarar “Indra”.

Conforme a história avança, alguns “Hachibushu” percebem a verdade sobre “Indra” e “Gai” e decidem ajudar “Shurato” e “Hyuga”.

Após alguns acontecimentos, “Leiga” e “Ryuma” se juntam na luta para salvar a “deusa Vishnu”.

Apesar de possuir 38 episódios, na minha opinião, a série faz sentido até o capítulo 25, depois disso, os episódios ficam monótonos e o traço do desenho fica muito mal feito.

Outra coisa bem diferente são as traduções, por exemplo, na versão japonesa a garota se chama “Lakshu”. No versão traduzida se chama “Rakesh”.

A mesma coisa acontece com “Shurato”. Na versão japonesa ele se chama “Shura-OH”, na versão traduzida “Rei Shura”.

Claro, que na minha opinião, a versão japonesa é bem mais legal, mesmo assim, se quiser assistir em português, vale muito a pena também.

Anúncios
SHURATO

Um comentário sobre “SHURATO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s